top of page
Buscar
  • Foto do escritorCidade Radio

O SEGREDO DE SERMOS AGRACIADOS POR DEUS




Cheia de graça - o anjo reconhece que a graça, a ação de Deus é plena na vida de Maria. Ela é agraciada, vive inteiramente mergulhada no coração do Pai. Não é simples

saudação, mas constatação. Maria é a graça personificada de Deus.

Na complementação à saudação, diz o anjo: "O Senhor é contigo", ou seja, Deus fez

morada em ti. Antes de Maria aceitar ser a Mãe do Salvador, a Sagrada Escritura des-

creve a relação eterna entre a jovem e seu Senhor. Existe entre eles um matrimônio, já

não são dois, mas uma só alma.


Somos agraciados por Deus da mesma forma que foi Maria. Somos também convidados a ser veículo dessa graça transformadora. O bem que o Senhor realiza em nós deve ser partilhado. Crescemos na graça de Deus sempre que desejamos que nosso ser contraia matrimônio com o Espírito Santo.


Deus vai atuando em nós na medida em que Lhe damos a chave da nossa alma.


Cheio de graça é aquele que faz a experiência de deixar Cristo viver em si. É a espiritualidade de Paulo: "Eu vivo, mas já não sou eu; é Cristo que vive em mim". (Gálatas 2,20)


O Senhor deseja habitar em nós em plenitude. Deseja ser connosco, viver no tabernáculo que somos. Temos a chama de Sua presença viva em nossa alma, porém Cristo somente fixará residência em nós na medida em que, com liberdade, dissermos em profunda e verdadeira oração: Vem Senhor Jesus!

A oração não deve ser simplesmente pronunciada pelos lábios, mas desejada interior-

mente: Ó Deus, vós sois o meu Deus, com ardor vos procuro. Minha alma está sedenta de vós, e minha carne por vós anela como a terra árida e sequiosa, sem água. (Salmo 62,2).

O desejo de Deus para nós é que sejamos, a exemplo de Maria, cheios da graça.

Reconhecemos um agraciado por Deus por seus olhos voltados para o céu, mas

sobretudo por seu coração voltado para o próximo. É na misericórdia, na caridade e

no desejo de doação plena que percebemos como Deus é exalado como um perfume por aqueles que estão em graça.

Não basta desejar sermos agraciados, é imprescindível deixarmos Deus entrar nos recônditos mais escondidos de nosso interior e, junto com Ele, iniciarmos uma caminhada transformadora em direção à santidade, tarefa nada fácil, porém não impossível.


A graça é presente de Nosso Senhor, mas é também trabalho pessoal, é luta contra

todo tipo de desgraça tanto pessoal como comunitária. A desgraça que pode nos

acontecer é impedir Deus de ser Deus em nós, isso acontece todas as vezes que não

nos colocamos nas mãos do Pai como filhos.



Trechos da Obra do Pe. Luís Erlin: "Imitação de Maria."

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
Gabriel e mãe tela verde1.png
bottom of page