top of page
Buscar
  • Foto do escritorConteúdos Católicos

AS PROFECIAS DO BEATO FRANCISCO PALAU SOBRE O FIM DOS TEMPOS

Beato Francisco Palau, foi um Sacerdote exemplar, que viveu na Espanha, no decorrer do

século 19. Nós o temos como um grande patrono, pois esse Padre Carmelita, desempenhou um papel fundamental na defesa da doutrina da Igreja Católica e dos valores da Santa religião, contra as revoluções que estavam se implantando naquele país e em toda a Europa, de fato, quando ele tinha apenas 23 anos, foi obrigado a deixar o seu convento que foi incendiado pelas tropas revolucionárias e assim, durante toda a sua vida, viveu

em meio a prisões, exílios e grandes calamidades.


Beato Francisco Palau foi beatificado no dia 04 de abril de 1988, pelo Papa João Paulo.


Vamos prestar atenção nas mensagens que o Beato Francisco Palau tem para nós hoje, porque as suas revelações, são extremamente atuais e podem nos ajudar a entender a situação grave que nós estamos vivendo em pleno século 21, com uma apostasia generaliza-

da, não só nos ambientes dos governos políticos, mas também nas fileiras da própria Igreja. Sendo ele, um grande místico, durante toda a sua vida, teve várias revelações a respeito do futuro e daquilo que iria acontecer na sociedade e na Igreja na nossa época.


O próprio demónio disse para ele certa vez:


«Sobre a Terra não tenho mais inimigos que me combatam: reduzi à nulidade e a inatividade, o poder exorcista dado aos vossos Sacerdotes. Diga-me quem são e onde me combatem? Tenho vencido. A incredulidade tem triunfado num caminho seguro, porque

tenho conseguido não só estabelecer em todo o mundo o meu sacerdócio (espiritismo), sem contradição alguma, como também, com eles e por eles, me faço visível nos corpos humanos e essas pessoas que possuímos não encontram nenhum Sacerdote apenas, que me ataque.

Ou não creem em mim, ou dizem que são raras as pessoas que possuo; e se algum deles crê e tenta fazê-lo, é impedido pela própria autoridade dos Bispos».


Estas afirmações que o Beato Palau, escutou do próprio Satanás, são realmente muito impressionantes, porque aqui, de uma forma misteriosa, nós compreendemos que o problema da crise da Igreja ou da crise da nossa sociedade, não está simplesmente baseado

em problemas humanos. Mas, sobretudo, numa grande carência espiritual, numa grande negligência da parte das autoridades da Igreja deste século, que deixaram o importantíssimo ministério do exorcismo, e deixaram também de denunciar o sacerdócio de Satanás, que ele mesmo destaca como o ponto de apoio da sua ação, que é na verdade o espiritismo e a magia.


Jesus explicou sobre as duas bestas do Apocalipse


O que nos impressiona, também, nessas profecias do Beato Palau, é vermos a coerência entre aquilo que ele revela, com aquilo que está descrito nas Sagradas Escrituras. E também com aquilo que nós observamos na história, desde o século 19, até hoje. Sobre esta explicação que ele nos dá, a respeito das duas bestas, que estão narradas no livro do Apocalipse, no capítulo 13, quando ele diz por exemplo que: esta primeira besta, são todos os reis e poderes, que seduzidos pelos demônios, sacudiram o jugo da Igreja e se separaram dela, e coligados com os demônios, formam um só corpo e se unem na guerra contra a Igreja e contra o seu pontificado. Esta besta forma um só corpo com o Dragão, ou

seja, com o corpo místico do inferno. Esta besta saiu do mar, isto é, do mundo; donde se formaram as heresias, cismas e falsas religiões. Com o auxilio das más paixões do mundo: ali nasceu, ali cresceu, ali se fortaleceu, e ali chegou, como vês, a dominar todos os reinos, povos e nações.


Então, nós podemos dizer que, esta primeira besta, representa o poder político mundial, e esse poder mundial começou a se organizar justamente quando esses reis e essas ações foram seduzidos pelos demônios e adotaram heresias, cismas e falsas religiões, se separando da Igreja Católica. A partir daí, fortaleceu o poder desta besta que sai do mar, e atingiu o domínio de todos os reinos, povos e nações. Ao mesmo tempo, que ele vai explicar que a segunda besta do apocalipse, são as autoridades que dizem ser católicas e não são, ou seja, que não professam a verdadeira fé Católica, mas que se apresentam como Católicos. Por isso que esta besta tinha dois chifres, como um cordeiro, mas falava como um dragão.

Elas, reunidas em conjunto com os povos que governam, falam como os demônios contra Cristo e Sua Igreja e formam uma liga, com todos os demais, na guerra contra Deus. A estes poderes representados em seus chifres, se une toda a massa de falsos Católicos que, na realidade, não tem nem a fé nem a Caridade verdadeira; e estes são os que, mesclados entre os justos, lhes fazem uma guerra terrível, que é ainda mais cruel, depois que, vestidos como cordeiros, entram até o santuário de Deus, lhe enchendo de abominações; e é esse o corpo desta besta que combate na parte de dentro, enquanto que a primeira combate por fora.


O lúcifer está formando novamente uma guerra contra Deus, através dos falsos católicos (atualmente com o falso ecumenismo)


«O próprio lúcifer que seduziu um terço dos Anjos no Céu, apoderou-se do coração de uma série de homens-chave na Terra e mais uma vez ergueu a bandeira da revolta. E esse novo non-sèrviam, ou seja, aquele grito de lúcifer: não servirei, que está em Jeremias 2,20, é a grande causa das crises do mundo. E o que é a revolução? É hoje na Terra, aquilo mesmo que aconteceu no Céu, quando Deus criou os Anjos e eles se revoltaram: satanás reduziu todos os reis e governos da Terra e com a bandeira ao vento, dirige seus exércitos na guerra contra Deus. Satanás é o pai da revolução: essa é a obra dele, iniciada no Céu e que vem se perpetuando entre os homens de geração em geração.

Agora, pela primeira vez após seis mil anos da criação, ele teve a ousadia de proclamar, diante do Céu e da Terra, o seu verdadeiro e satânico nome: revolução!

A revolução tem como lema, a exemplo do demônio, a famosa frase: não servirei! Satânica em sua essência, ela aspira a derrubar todas as legítimas autoridades, e seu objetivo derradeiro é a destruição total do Reino de Jesus Cristo sobre a Terra».


«Por causa da corrupção dos costumes, Satanás se introduziu no Sancta Sanctorum, quer dizer: no Santo dos Santos. E, enquanto comanda todos os reis e poderes políticos da Terra em batalha contra Mim, desde o exterior da cidade Santa, paralisa de dentro a Minha ação, entorpece Meus empreendimentos e frustra Meus projetos», disse o Senhor, para o Eremita Beato Francisco Palau.


Jesus mostrou ao Beato Palau, que o Vaticano seria transladado para outra parte


No ano de 1864, um Anjo se apresentou diante dele falando sobre a futura apostasia de Roma, dizendo: «Eu sou o Anjo que guarda a cidade de Roma e o seu pontificado e os muros da cidade. Eu guardo o trono pontifício de Roma e os muros desta cidade, frente aos demônios e a revolução que a circunda. Venho a ti, para te instruir. Eu vou abandonar Roma. Levantarei dela o trono pontifício e a cidade será entregue ao poder dos demónios e da revolução. Roma não será mais o centro da religião de Jesus. Degolará seus Sacerdotes e

religiosos e, outra vez, se constituirá inimiga de Cristo e de Sua Igreja. O trono do sumo pontificado não voltará mais para ela (Roma), porque será transladado a outra parte».

Não podendo acreditar no que Ele me dizia, ele acrescentou: «Roma será severamente castigada e o dia está muito próximo: dia de pranto e de luto, de sangue e de fogo e, para que vejas quão justas são as vinganças celestes, vem, sobe em cima deste monte e dali verás as abominações introduzidas no lugar Santo, preditas por Daniel, o profeta».


Cheio de terror e de espanto, arrepiados os cabelos, e tremendo minhas carnes, eu subi neste monte e Ele me disse: «Olha e observa bem o que há no Santuário, observa, cala e guarda segredo; o mistério da iniquidade já está consumado; Eu vou castigar os culpados e o sangue dos justos aplacará a ira de Deus».


Então, quando lemos isso, ficamos realmente impressionados, e ficamos pensando: o que esse Anjo mostrou para o Padre Palau naquela ocasião? O que ele viu dentro do Santuário? Provavelmente na cripta da Basílica de São Pedro, qual era o ritual que eles estavam celebrando ali? Isso tudo nos deixa realmente cheios de espanto, e ao mesmo tempo cheios de consternação, por ver que o inimigo teve direito, permissão de Deus, de ingressar no próprio templo Santo de Deus, onde estava a sede da Igreja Católica. Com certeza não foi de uma hora para outra que o inimigo conseguiu tamanho poder dentro da própria Igreja de Cristo. Mas ele desafiava o Padre Palau dizendo que:


«Nossa obra que, com tanta cautela, fizemos, desde Judas traidor até esta data, encobrindo o plano com o que foi concebida e que, com sumo prazer, vemos consumada na apostasia de todas as ações». Vemos também uma outra passagem, na qual um Anjo disse para o Padre Palau:


«Escuta: deixa que o diabo e o ímpio completem o mistério da iniquidade que ele iniciou dentro do próprio Santuário, com Judas traidor». Isso queria dizer que não seria possível impedir o desenvolvimento de todos esses grandes acontecimentos de apostasia e de destruição da fé. Mas, com a permissão de Deus, o diabo teria que levar até o fim essa sua obra, para que depois fosse completamente destruído e a Igreja pudesse novamente triunfar vitoriosa.


Jesus mostrou ao Beato Palau, que Ele iria enviar um homem com a mesma força de Elias, para restaurar a Sua Igreja


«A restauração verdadeira consistirá na conversão a Deus de todas as nações e de seus reis. O restaurador será Elias, o prometido. Sob a direção desse homem, o órgão inteiro batalhará contra os insensatos. Seguirão a este restaurador os eleitos, enquanto os demais Católicos apostatarão, dividindo-se uns dos outros. Será desconhecido, perseguido, desprezado dos Católicos, cujos nomes não estão escritos no livro da vida».


«A sociedade Moderna cairá, se fundirá, se dissolverá, e perecerá. Cristo, que foi expulso do estado moderno, sairá como leão da cova, ostentará a onipotência de Seu braço, e aniquilará todo o poder dos poderosos. O mundo será redimido uma segunda vez, porque Satanás, que é seu verdadeiro tirano, porá as nações sob o seu domínio cruel e despótico.

No dia em que outra vez fique preso o tirano, e seja precipitado no abismo, a libertação das nações será proclamada, à voz do Arcanjo com a Trombeta de Deus».


«Naquele dia a voz dos Profetas abrirá a Terra, e o inferno tragará vivos os apóstolos da mentira, à vista dos povos. Naquele dia, os Profetas enviados por Deus para a Redenção das nações, rechaçarão a força bruta do homem com a força Divina. Virá o Restaurador

prometido à sociedade já dissoluta e em completa anarquia, armado não de aço, mas de fé e de força espiritual. Um restaurador com a missão de Moisés, restaurando todas as coisas à frente de uma ordem de apóstolos, que a Providência tem preparado para a última hora.

Ele vai recompor as coisas eclesiásticas, em sua devida ordem, com mão potente, banirá do seio da Igreja os falsos políticos e eclesiásticos anticristãos, essas falanges de escritores e doutores que, em nome de Cristo, seduzem os povos, e limpará o Templo de Deus das

abominações com que o poluem os maus Católicos». Ele também dizia que:


«Um estado laico não cabe na cidade de Deus. Liberdade de culto é o paganismo dos novos césares romanos, estabelecidos no mundo inteiro». E ele nos exortava a buscar a fé de nossos pais, até a morte, frente à revolução que nos persegue.


Sigamos o exemplo e a coragem do Beato Francisco Palau, que durante toda a sua vida demonstrou uma fidelidade total a Cristo e a Sua Igreja. Não se afastando em nada da doutrina Católica, e perseverando com coragem na luta contra os poderes do inferno, que

ameaçam destruir a obra de Deus.

252 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page