top of page
Buscar
  • Foto do escritorCidade Radio

OS PECADOS DA CARNE NA BÍBLIA SAGRADA!



<< - As obras da carne são manifestas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, feitiçaria, ódio, rixas, ciúmes, ira, discussões, discórdia, divisões, invejas, bebedeiras, orgias e coisas semelhantes a estas. A respeito das quais eu vos previno>> (Gálatas 5, 19-21).


São Paulo está dizendo: eu vos previno. As obras da carne são estas. Veja que interessante: eu vos previno, como já vos preveni: os que praticam tais coisas não

herdarão o Reino de Deus.


A Igreja sempre ensinou que há dois tipos de pecados: o pecado venial e o pecado mortal. Pecado venial é um pecado leve, pecado mortal é um pecado mais grave. Somente o pecado mortal pode nos tirar do Céu, somente o pecado mortal pode nos tirar da vida eterna com Deus.


São Paulo nos diz: "os que praticam tais coisas não herdarão o Reino de Deus". Significa que nós estamos falando de pecados graves, nós estamos falando de pecados que podem nos tirar do Reino de Deus.


O pecado venial não pode nos tirar o Céu, é pecado leve, todos nós pecamos. Qual o ser humano na face da terra que não comete um pecado leve? O pecado leve não vai nos tirar da eternidade, é óbvio que nós temos que lutar também contra os pecados leves, porque de pecado leve em pecado leve um dia estaremos abertos ao pecado mortal.


<< - Esta é a confiança que temos em Deus e se lhe pedimos alguma coisa segundo a Sua vontade, Ele nos ouve, e se, sabemos que Ele nos ouve em tudo que Lhe pedimos sabemos que possuímos o que havemos pedido>> (São João 5,14-15).


<< - Se alguém ver seu irmão cometer um pecado que não conduz à morte, que ele ore e Deus dará vida a este irmão.>> (São João 5,16). Portanto, se o irmão cometeu um pecado que não conduz a morte, reza por ele para que ele se converta desse pecado.


Existe um pecado que conduz à morte, mas não é respeito desse que digo que se reze, toda iniquidade é pecado, mas há um pecado que não conduz à morte.


A Bíblia está deixando claro que há pecados que conduzem à morte e pecados que não conduzem a morte.

Portanto, o pecado leve, pecado venial não pode conduzir a morte eterna, mas um pecado grave, um pecado mortal pode te conduzir à morte eterna.


Nós precisamos ter tolerância zero, tolerância zero ao pecado mortal, à pecado grave.


Para que seja pecado mortal você precisa ter consciência de que isso é pecado, ou seja, eu sei que isso é pecado e eu faço, é um pecado grave; eu sei que isso é pecado, mas mesmo assim eu faço, ninguém me obrigou a fazer esse pecado; eu sabia que era uma falta grave, e eu fiz. Tem muita gente cometendo esse tipo de pecado e isto nós damos o nome de pecado mortal.


No catecismo da Igreja Católica diz assim: o ensinamento da Igreja afirma a existência e a eternidade do inferno. Se alguém um dia disser que o inferno não existe, não acredite nessa pessoa. Pois sim, o inferno existe e o inferno é eterno, quem for para o inferno nunca mais sairá de lá; as almas dos que morrem em estado de pecado mortal, pecado grave, ou seja, eu sabia que estava no pecado, ninguém me obrigava a fazer, mas eu fazia, os que morrem em estado de pecado mortal descem imediatamente, após a morte, aos infernos onde sofrem as penas do inferno, o fogo eterno.


A pena principal do inferno consiste na separação eterna de Deus. Que terrível! Separação eterna de Deus, o único em que um homem pode ter a vida e a

felicidade para as quais foi criado.


O catecismo da Igreja Católica está dizendo para mim, para você: "não morra em estado de pecado mortal"! Há pecados que levam à morte e há pecados que não leva á morte.


São Paulo está destacando que esses pecados são capazes de nos tirar o Céu. Os que praticam tais coisas não herdarão o Reino de Deus.

Está claro quais pecados que podem nos tirar do Reino de Deus.



Não nos esqueçamos o que a Mãe Santíssima disse aos pastorinhos em Fátima que, os pecados que mais levam as almas para o inferno são os da carne.

Procuremos em tudo imitarmos a santidade do Senhor Jesus, para que nos transformemos Nele em todas as nossas ações e possamos reinar com Ele na Glória Eterna que nos espera e para qual fomos criados.


Por isso, meus irmãos vivamos sempre em estado de graça e evitemos com toda a nossa força e esforço, contando com a graça de Deus, evitarmos os pecados que nos exclui do Reino dos Céus.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


Post: Blog2_Post
bottom of page