top of page
Buscar
  • Foto do escritorCidade Radio

A MELHOR MANEIRA DE SOCORRER AS ALMAS DO PURGATÓRIO



1º- O meio, de todos o mais eficaz, é mandar rezar por sua intenção a Santa Missa todas as vezes que for possível.

2º- Se não o pudermos fazer, devemos ouvir Missa pela mesma intenção, sempre que seja possível.


3º- Oferecer pelas Almas do Purgatório o Terço do Rosário, com suas Indulgências inumeráveis.

É desejo ardente da Mãe Santíssima aliviar seus filhos queridíssimos que estão a sofrer no Purgatório.


4º- Oferecer pelas Almas todos os méritos, boas obras, orações e indulgências de que pudermos dispor, todos os nossos desgostos e dores, as nossas aflições e também os nossos trabalhos e sofrimentos. Este ato de caridade é infinitamente agradável ao Sagrado Coração de Jesus e alcança-nos a mais abundante recompensa, tanto nesta vida como no Céu. Se Deus retribui generosamente o mais insignificante ato de caridade feito a favor de um pobre, que prémio não dará a quem praticar este ato heroico de caridade?

Quem não tiver a coragem ou a generosidade de fazer este ato durante toda a sua vida, faça-o, pelo menos, durante a Quaresma, durante o mês de Novembro, durante uma semana, de vez em quando.


5º- Rezar 100 vezes por dia pelas Almas a pequena jaculatória "Jesus, Maria, José", assim damos-lhes 280.000 dias de Indulgência!


6º- Fazer este oferecimento: "Eterno Pai, eu Vos ofereço o Preciosíssimo Sangue de Vosso Divino Filho Jesus, em união com todas as Missas que hoje são celebradas em todo o mundo, por todas as Santas Almas do Purgatório, pelos pecadores, em todos os lugares, pelos pecadores, na Igreja Universal, pelos de minha casa e meus vizinhos. Ámen". Esta oração é eficacíssima e dá indizível alívio às Almas.


7º- A Via Sacra, mesmo a forma mais breve, é também meio eficacíssimo de socorrer as almas.



O Apóstolo S. Tiago ensina-nos outro meio com o qual podemos evitar o Purgatório. Diz ele: "Quem salva uma Alma salva a sua e cobre uma multidão de pecados". Se alguém tivesse a felicidade de salvar de uma morte horrível o filho único dum rei, herdeiro do seu trono, que recompensa não poderia esperar do Soberano? Contudo, rei nenhum ficará tão grato e empenhado em recompensar a pessoa que lhe salvou o filho, como Deus ficará grato àquele que salvou do inferno uma só alma.


Todos nós, de mil maneiras diferentes, podemos salvar, não só uma, como muitas almas do inferno.


Por exemplo:



Iº- Rezando devotadamente por elas. Quantas vezes, pelas suas orações, não salva uma mãe a alma do seu filho!


2º- Podemos salvar almas com bons conselhos e com bons exemplos. Quantos jovens devem as suas mais belas qualidades de alma e coração aos conselhos e exemplos de um pai ou de um amigo?


O escritor destas linhas deve os maiores benefícios da sua vida aos bons conselhos e exemplos de alguns dos seus professores e outros bons amigos.

Pelo contrário, quantos milhares de pessoas que deveriam estar no Céu, estão hoje no Inferno devido às conversas, aos conselhos e ao exemplo de maus companheiros.


3º- O método mais eficaz de salvar almas é fazer propaganda.


A ignorância extrema, a apatia e indiferença dos Católicos é o grande mal dos nossos dias.

Enquanto protestantes, mações e outros muitos sectários, fazem intensíssima propaganda das suas doutrinas e teorias nefastas, os Católicos pouco ou nada fazem. Os comunistas estão ameaçando o mundo inteiro com sua propaganda satânica e muitos Católicos ficam criminosamente indiferentes.


Como mais importante entre os deveres dos Católicos está portanto espalhar milhares de livros e panfletos de todo o género. Mas que sejam cheios de vida, vigor e interesse, escritos em linguagem simples, clara mas incisiva e enérgica. Se assim não forem, nada conseguirão. Cada pagela deve levar uma mensagem que vá direita ao coração do leitor, despertando-lhe a consciência, convencendo-o, galvanizando-o para uma ação imediata.


Todo o Católico deve ser militante. Escusado é falar, proferir lamentações banais - é necessário trabalho, intensa ação. É o que quer o Papa.


Torna-se urgente que andem nas mãos de todos os Católicos e mesmo nas de não Católicos, livros e pagelas sobre as verdades necessárias. Será uma revelação para muitos.


Numa palavra, é necessário opor propaganda à propaganda. Neste momento lutamos pela vida e tantos Católicos parecem adormecidos.


O mundo está em cima de um vulcão. Por Deus, despertemos enquanto é tempo.

63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mansidão

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page